28-Nem Arrepio!

* Referência: Capítulos do Livro Seara dos Médiuns – Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do Livro dos Médiuns (LM) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação – Leitura da Questão – Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 28-Trabalhemos)
Reunião pública de 22-4-60
Questão LM nº 223 incisos 7 e 8.

É comum ouvirmos dos simpatizantes do Espiritismo uma frase:Eu não sinto nem arrepio!

Nas ‘entrelinhas’, há vontade de colaborar.
Mas como, se nem arrepio chega?

Nosso olhar vagueia admirando os grandes expoentes mediúnicos da nossa época, suas comunicações brilhantes, seus livros ricos, seus ‘causos’ alegres e sublimes, seus fenômenos paranormais, suas grandes obras sociais, suas palestras e viagens.

E eu? “Nem arrepio!”

Nesse capítulo, Emmanuel examina o “Livro da Natureza” para entendermos quais nossas possibilidades perante a seara de Jesus.

No meio do deserto, descobrimos um oásis.
Tudo iniciado por sementes que encontraram solo adequado onde ninguém mais julgava possibilidade de vida.

Em nossa casa, temos água num breve movimento de mão.
Possível só depois de longo percurso traçado pela água, generosamente conduzida desde a nascente até nossos lábios.

Se jogada na areia quente, a semente só encontrará a morte.
Se não conduzida por córregos, potes ou canos, a água só encontrará barreiras de seixos e evaporação.

Toda realização pede esforço.
Todo merecimento real inclui sacrifício.

– diz Emmanuel.

Quem vê as grandes realizações dos irmãos em destaque, olham com menor consideração as dificuldades do início, o esforço nos pequenos grupos de caridade e com recursos mínimos, os estudos solitários ou com pouca participação, os inúmeros esforços para conhecer a doutrina e se educar, o plantio de palavras e atenções onde antes só havia ignorância e desamor.

Aahh ! Essa parte não nos interessa!
Queremos iniciar logo pelos grandes fenômenos.

Comunicações só de espíritos ilustres.
Ser notabilizado nas instituições que atendem a milhares. O dom de curar, o dom de orientar, a visão de familiares, as notícias dos que partiram, os livros com belas histórias.
Menos que isso, pouco nos importa!

Precisamos, antes, nos curar de nossas imperfeições.
A Esfera Superior, certamente, precisa de trabalhadores dedicados.
E o Senhor da Vida há de abençoar todos que exaltarem a vida, onde estiverem.
Mas, nossas imperfeições, qual areia quente, qual barreira de seixos, ainda soterram nossas possibilidades.

Nosso Mestre nos espera!
Na pureza de nossos corações, ainda iremos senti-Lo.
No pensamento sublimado, ainda iremos entendê-Lo.
Na palavra educada, ainda iremos anunciá-Lo.
Na ação aprimorada, ainda seremos arautos de Sua presença.

Aperfeiçoemos a nós mesmos, cada dia, quanto seja possível, porquanto, para sermos intermediários fiéis, entre ele e o Mundo, só existe uma solução — trabalhar.”  (Emmanuel)

==&==

Leitura da Questão: Livro dos Médiuns (LM)
CAPÍTULO XIX
DO PAPEL DOS MÉDIUNS NAS COMUNICAÇÕES ESPÍRITAS

(Questão 223)  7ª O Espírito encarnado no médium exerce alguma influência sobre as comunicações que deva transmitir, provindas de outros Espíritos?

“Exerce, porquanto, se estes não lhe são simpáticos, pode ele alterar-lhes as respostas e assimilá-las às suas próprias idéias e a seus pendores; não influencia, porém, os próprios Espíritos, autores das respostas; constitui-se apenas em mau intérprete.”

Será essa a causa da preferência dos Espíritos por certos médiuns?

“Não há outra. Os Espíritos procuram o intérprete que mais simpatize com eles e que lhes exprima com mais exatidão os pensamentos. Não havendo entre eles simpatia, o Espírito do médium é um antagonista que oferece certa resistência e se torna um intérprete de má qualidade e muitas vezes infiel. É o que se dá entre vós, quando a opinião de um sábio é transmitida por intermédio de um estonteado, ou de uma pessoa de má-fé.”

*** Curiosidades ***

- O que é “arrepio”?
Da Wikipédia:
Reação orgânica ao frio. … Em baixas temperaturas, ocorre o arrepio. Os pêlos levantados fazem com que uma camada de ar fique parada sobre a pele, funcionando como isolante térmico. O músculo eretor do pêlo é o responsável pelo arrepio. Ao mesmo tempo, o corpo provoca a vasoconstrição (diminuição do calibre dos vasos que percorrem a pele), reduzindo o volume de sangue que passa por ela. Desta forma, diminui a quantidade de sangue esfriado, o que evita uma maior perda de calor do corpo.

Quando há um momento de romance ou de troca de carinhos, também pode-se ocorrer o arrepio devido a explosão de hormônios.
Obtida de “http://pt.wikipedia.org/wiki/Arrepio

- Meditando nas palavras de Kardec, podemos afirmar com tranquilidade quais são os tipos espirituais que se aproximarão do nosso psiquismo. Basta examinarmos como são nossos amigos encarnados. Uma vez que os desencarnados se aproximam pela afeição, assim como os encarnados fazem, nosso círculo de amizades é uma boa representação do nosso círculo de amigos espirituais.

2 respostas para 28-Nem Arrepio!

  1. claudie (Di) disse:

    E o que significa dar a resposta certinha como Emmanuel quis dizer?

  2. claudie (Di) disse:

    Acho que, para os espíritas iniciantes, a manifestação física “convence” mais de que se está no caminho certo (afinal, espíritos me contatam!). Mas, como bem dito, não nos damos conta de que a natureza não dá saltos. O esforço na correção dos defeitos, na boa vontade em ajudar o próximo, a abnegação nas tarefas assistenciais, o tempo dedicado ao estudo, vai formando o futuro médium, além de afinizá-lo com espíritos que reconhecem o esforço da melhora, e passam a acompanhá-lo, orientá-lo e inspirá-lo cada vez mais, trazendo para faixas de sintonia mais favoráveis… O bom médium (ou trabalhador) não nasce pronto, há que se esforçar e plantar, para que mais tarde possa colher frutos que alimentem a si mesmo, e aos que estão ao seu redor. Além disso, nem somente “sentindo arrepios” se trabalha dentro da mediunidade. Todo trabalho sério, desde uma palavra de encorajamento e alento a um irmão que sofre, tem mérito aos olhos do Pai, tanto quanto às grandes manifestações de psicografia, ou psicofonia.
    O trabalho é vasto, e tem várias frentes. Se tivermos vontade verdadeira de ajudar, com o tempo acharemos nosso “lugar ideal” de contribuir…

    Quanto aos arrepios, já vi, em filmes e “causos de assombrações”, que é comum, quando espíritos se aproximam e manifestem algum tipo de efeito físico, retirarem ectoplasma do ambiente e bater um “vento gelado”; além disso, o médium é como uma antena a perceber o que acontece a sua volta com relação ao mundo espiritual, e arrepios, pressão na nuca e outros sintomas, quando repetidos, podem fazer parte do início do desenvolvimento mediúnico.
    Bjimssss….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s