Código Penal da Vida Futura: 21o./32 pontos

CIO Céu e o Inferno (CI – 1865)

PARTE PRIMEIRA – DOUTRINA
As
Penas Futuras Segundo o Espiritismo

CÓDIGO PENAL DA VIDA FUTURA

O Espiritismo não vem, pois, com sua autoridade privada, formular um código de fantasia; a sua lei, no que respeita ao futuro da alma, deduzida das observações do fato, pode resumir-se nos seguintes pontos:

21º A responsabilidade das faltas é toda pessoal, ninguém sofre por erros alheios, salvo se a eles deu origem, quer provocando-os pelo exemplo, quer não os impedindo quando poderia fazê-lo.

Assim, o suicida é sempre punido; mas aquele que por maldade impele outro a cometê-lo, esse sofre ainda maior pena.

 

dbl2_videira

Anúncios

Sobre inacioqueiroz

Busco estudar a obra do Chico Xavier, porta-voz de grandes inteligências. Ao longo da leitura, me emociono e reavalio minhas certezas e dificuldades. Espero que esta seja uma pequena contribuição na grande obra do bem.
Esse post foi publicado em O Céu e o Inferno e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Código Penal da Vida Futura: 21o./32 pontos

  1. Valdirene Pereira disse:

    Bom dia!

    Poderiam vcs me esclarecer uma dúvida? Um médium, dando passagem a um espírito sofredor, pode abraçar alguém encarnado? Tem alguma obra q fale sobre isso?

    Enviado do meu Alcatel Onetouch Idol 3 (4.7)

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Valdirene,
      Se há alguma obra que fale sobre especificamente sobre isso, confesso que desconheço.

      Mas, usando o bom senso, posso afirmar que o único empecilho em dar um abraço em qualquer médium em transe, seja o espírito sofredor ou não, é ter certeza que o médium está no controle do comportamento do espírito.
      Isso porque o problema é sofrer uma agressão durante o choque mediúnico.

      Em termos de transito de vibrações, a questão é idêntica para encarnado ou desencarnado.
      Se a pessoa abraçada for sensível e a outra pessoa vier com grandes cargas de vibrações deprimentes, pode haver alguma comoção sim.
      Mas não é apenas um problema de quem abraça. O abraçado também precisa rever suas defesas interiores.

      Segundo o livro “Tormentos da Obsessão”, livro que trata sobre os espíritas internados no grande Hospital Esperança (situado no plano espiritual), 4 defesas dispõe o médium para suas atividades medianeiras:
      – a oração disciplinada,
      – a leitura edificante,
      – o prazer de um trabalho bem realizado,
      – o coração pacificado.

      Quem se esforça nesses 4 tópicos e se dispõe a dar um abraço em um espírito sofredor em momento de incorporação, dificilmente será abalado por qualquer vibração. E, ainda que seja, servirá como elemento de reflexão para perceber qual a sua sintonia interior com o sofredor que fez estremecer suas defesas. Será, portanto, uma experiência edificante.

      Espero ter respondido.
      Abraço forte,
      Inacio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s