Divaldo no Rio 2015

Divaldo Franco – Temporada Carioca 2015

220px-Divaldo_Pereira_2Esse ano, por duas vezes alguém me perguntou:

— Você é muito fã do Divaldo, não é?

E eu depressa respondi:

— Sou sim, sou sim. Já assisti ‘X’ palestras dele essa semana!

Passado o ciclo de palestras da temporada carioca, uma reflexão veio à minha mente: nunca fui fã entusiástico de ninguém! Por que agora ser fã de Divaldo Franco?

Talvez por ver pessoas sensatas e inteligentes, como Anete Guimarães, Raul Teixeira e até Chico Xavier, cobrirem Divaldo Franco de considerações e carinhos.

Talvez por perceber que nunca tinha visto ninguém com tamanha eloquência, memória, conhecimento de Doutrina e História Espírita, facilidade de reunir ciência, filosofia, religião, fatos históricos e vivências num mesmo discurso … e tudo de graça e bem-humorado!

Talvez pelos fenômenos mediúnicos narrados ou efetuados em público… ou talvez pelo imenso trabalho de caridade da Mansão do Caminho e do movimento “Você e a Paz”.

Talvez por ser reconhecido como “Embaixador da Paz no Mundo” pela Universidade de Genebra, na Suiça.

Talvez por perceber que Divaldo é porta-voz de espíritos de altíssima envergadura, entre muitos:

Joanna de Ângelis – que foi Joanna de Cusa na época de Jesus; foi Clara de Assis na época de Francisco; foi “Espírito Amigo” nos textos da Codificação de Kardec; e outros que nossa pobreza cultural pouca referência tem;

Bezerra de Menezes – escolhido por Ismael para unificar o movimento espírita brasileiro; presidiu a FEB e construiu o modelo atual de centro espírita com palestras públicas, passes e caridade. Autores defendem que ele teria sido Matias, o 13o Apóstolo, eleito pelos apóstolos de Jesus após a crucificação.

Nem vou citar Victor Hugo, Vianna de Carvalho e Philomeno de Miranda.

Tem como não admirar PROFUNDAMENTE alguém assim?

Fato é que Divaldo Franco no Rio significa período de euforia para mim.
Minha alma entra verdadeiramente em festa!

Creio piamente que as festas na espiritualidade, quando recebem irmãos iluminados de alta expressão, devem ser momentos assim: alegrias, sorrisos, reencontros com amigos, muitos aprendizados, muitas lágrimas emocionadas, muita música e poesia, muitas lembranças felizes …

Assim Seja.

Anúncios