Felicidade !!!

g_capa_240aO que é a felicidade?
(Superinteressante)

 Será que a ciência pode mensurar esse sentimento tão desejado?
(Rodrigo Cavalcanti – Junho de 2007)

Por muito tempo, a felicidade foi tratada como uma sensação intangível, tema da filosofia e da arte – e não da ciência.
Acontece que, nos últimos anos, a união entre psicólogos, economistas e neurologistas turbinaram a chamada “ciência da felicidade”, um novo campo que promete revolucionar a ciência nas próximas décadas. Como os neurologistas já conseguem identificar quais áreas do cérebro são acionadas quando sentimos prazer, os pesquisadores conseguem cruzar esses dados com as respostas das entrevistas, passando a contar com um panorama muito mais confiável sobre o tema. Mas como defini-la?

Comparar é o problema

Felicidade é sentir-se bem, gozar a vida”, diz o economista britânico Richard Layard, autor de A Ciência da Felicidade. Considerado uma das maiores autoridades no assunto, ele ficou famoso por levantar uma questão curiosa: o aumento de renda de países não foi seguido do aumento do grau de felicidade dos seus cidadãos.

De acordo com Layard e outros pesquisadores, isso acontece por dois motivos. O primeiro é o fato de que o que torna uma pessoa mais feliz não é o aumento da renda em si, mas o aumento em comparação aos seus colegas. Uma pesquisa na Universidade Harvard, nos EUA, mostrou que a maioria dos alunos preferiria receber US$ 50 000 se os outros ganhassem a metade desse valor, em vez de receber US$ 100 000 se os outros ganhassem US$ 200 000. O segundo estaria em nossa capacidade de nos adaptar ao novo padrão. Mas, se a riqueza não traz felicidade, o que traz?

Se você pensou em saúde, juventude, um QI alto, um bom casamento, dias ensolarados ou ter uma crença religiosa, saiba que tudo isso ajuda. Mas, de acordo com pesquisa realizada em 2002 pela Universidade de Illinois, também nos EUA, as pessoas com alto nível de felicidade são aquelas que têm mais capacidade de fazer amigos e manter fortes laços afetivos com eles.

Um hábito simples e gratuito.

Referência:
Revista SUPERINTERESSANTE
http://super.abril.com.br/ciencia/o-que-e-a-felicidade

0,,134481,00A nova ciência da felicidade
(Revista Época)

Os psicólogos sempre se preocuparam com a doença. Agora voltam sua atenção para uma questão mais desafiadora: o que nos torna felizes?
(David Cohen e Aida Veiga – 2006)

Há 2.400 anos, um sujeito chamado Sócrates, que perambulava pelas ruas de Atenas, na Grécia, iniciou um debate que dura até hoje: o que é felicidade? Como atingi-la? Até então, as pessoas acreditavam que dependiam basicamente dos desígnios dos deuses – como explica o professor de História da Universidade da Flórida Darrin McMahon, autor do recém-lançado livro Happiness: a History (Felicidade: uma História). A própria origem da palavra denota isso. Happiness vem do anglo-saxão happ, acaso. Felicitas, o termo latino que dá origem a felicidade, significa também ventura, sorte, algo que lhe acontece.

Não é o sucesso que nos torna felizes. É a felicidade que traz sucesso.

Os estudos que dão base a essas conclusões são dos mais diversos tipos. Num deles, milhares de estudantes foram entrevistados na década de 70 e, depois, nos anos 90. Aqueles que se consideravam mais felizes nos anos 70 continuavam sendo mais felizes 20 anos depois – e ganhavam, em média, US$ 15 mil por ano a mais que os outros.

Num segundo estudo, borrifou-se um spray com vírus de gripe em centenas de voluntários. O número de pessoas que ficaram resfriadas no grupo das mais felizes era a metade do das pessoas menos felizes. Ou seja, seu sistema imunológico era melhor. Outro estudo acompanhou um grupo de freiras desde que tinham 22 anos. As mais felizes viveram, em média, dez anos a mais.

O psicólogo Edward Diener, da Universidade de Illinois, um pesquisador do assunto tão prolífico que foi apelidado de Doutor Felicidade, resume as benesses em sete pontos:

1. Pessoas felizes têm sistema imunológico melhor, e há alguma evidência de que vivem mais;

2. Elas são mais criativas, pelo menos em laboratório;

3. Ajudam mais os outros e faltam menos ao trabalho;

4. São mais bem-sucedidas (ganham mais, têm casamentos melhores);

5. Têm relações sociais mais profundas;

6. Lidam melhor com situações difíceis;

7. Gostam mais de si mesmas e dos outros, e os outros gostam mais delas.

Reportagem completa em:
Época – A nova ciência da felicidade
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG73787-6014,00.html

Veja também:
Instituto da Ciência da Felicidade
http://www.institutodafelicidade.org.br/index.php

Saúde Integral – Divaldo Franco / Joanna de Ângelis
https://estudandocomchicoxavier.wordpress.com/about/divaldo-no-rio-2013/palestra-6-seminario-colegio-militar/

Anúncios

2 respostas para Felicidade !!!

  1. Carlos Pacheco Dias disse:

    Excelente. Melhor não poderia deixar de ser!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s