34-Livres

* Referência: Capítulos do Livro Justiça Divina – Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do livro O Céu e o Inferno (CI) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação – Leitura da Questão – Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 34-Lugar Depois da Morte)
Reunião pública de 29-5-61
CI – 1a Parte – Cap. VII – Item 3 – inciso 1.

34-Enterro– Ele foi para um lugar bom, não foi? Diz pra mim se ele está bem?

Quem trabalhar em Centro Espírita por alguns anos, algumas vezes irá ouvir estas perguntas vindas de corações sofridos, pessoas que perderam algum ente querido.

O que pensar nessa hora, quando nem mesmo temos certeza do nosso próprio destino após o desencarne?

Nessa meditação, Emmanuel vem nos orientar sobre como deduzir o nosso caminho no pós desencarne.

34-caminhoE inicia nos solicitando aproveitar os pequenos deveres cotidianos como instrumentos de
iluminação e enobrecimento de toda hora que passa:

– nos compromissos com o grupo familiar;
– nas atividades da vida pública;
– no trato dos recursos materiais;
– nas manutenções do próprio sustento.

Mas, o que isso tem a ver com nosso destino após a morte?

O que fizermos em nosso tempo livre, os nossos pequenos gostos, os nossos prazeres, as nossas atenções, os nossos lugares de preferência, irão definir nossa caminhada nesse plano de vida e nos próximos.

O dever, no entanto, é impositivo da educação que nos obriga a parecer o que ainda não somos, para sermos, em liberdade, aquilo que realmente devemos ser.” – diz Emmanuel.

Emmanuel, então, dá exemplos nos quadros da vida animal:34-Fuga

– o cavalo da carroça que, uma vez solto, corre para pastar e satisfazer impulsos íntimos.

– a serpente, geradora de soro, que, se livre, entoca-se para a produção de mais veneno.

34-Jesus e criancas– o corvo cativo que, se liberto, retorna para carniças e para o lixo.
– a abelha apartada que, se desembaraçada, retorna ao labor da colmeia.
– a andorinha engaiolada que, uma vez fora da grade, retorna à romaria das migrações.

Se desejas saber quem és, observa o que pensas, quando estás sem ninguém; e se queres conhecer o lugar que te espera, depois da morte, examina o que fazes contigo mesmo nas horas livres.”  (Emmanuel)

==&==

Leitura da Questão: O Céu e o Inferno (CI)
Primeira Parte – Doutrina
CAPÍTULO VII – As Penas Futuras segundo o Espiritismo

Item 3 – Código Penal da Vida Futura

 O Espiritismo não vem, pois, com sua autoridade privada, formular um código de fantasia; a sua lei, no que respeita ao futuro da alma, deduzida das observações do fato, pode resumir-se nos seguintes pontos:

Item 1º — A alma ou Espírito sofre na vida espiritual as consequências de todas as imperfeições que não conseguiu corrigir na vida corporal. O seu estado, feliz ou desgraçado, é inerente ao seu grau de pureza ou impureza.

*** Curiosidades ***

-O que fazer quando alguém nos questiona se a pessoa está bem ou não após a morte? Considerando as palavras de Emmanuel acima, basta que examinemos, junto com o curioso, como era a pessoa em vida. Uma pessoa alegre, bondosa e amiga encontrará um ambiente alegre, bondoso e amigo após a morte. Caso a gente perceba que não era bem essa a situação da pessoa em questão, vale lembrar que a oração é sempre um bálsamo para quem partiu. E que as páginas finais do Evangelho Segundo o Espiritismo (ESE), no capítulo XXVIII, são dedicadas ao ensino da forma correta de se fazer uma oração.

-“Agora a pessoa finalmente descansou!”, costuma-se dizer. Será mesmo?
Se a pessoa em vida construiu paz em seu interior, podemos crer que sim, ela descansou. Mas se a pessoa foi atormentada por grandes arroubos emocionais, por acessos de fúria, por desequilíbrios com a vaidade, egoísmo, com a usura, avareza ou outros, talvez ela tenha passado para uma tormenta muito maior. Estas emoções parecem pouco significar enquanto estamos encarnados. Algumas são até mesmo socialmente aceitas, como a vaidade física, por exemplo. Mas quando nos encontramos privados do corpo físico, é como se passássemos a pegar a nossa panela sem ter alça isolante ou luva térmica.
Se a panela não estiver fria … Chiii !!! Não bom !!!

-Oferecemos constantes pequenos sinais do que foi nosso passado. Nossas preferências nas horas livres, nossas reações nas pequenas desavenças, o trato com nossos pertences, a seriedade com pequenos compromissos, nossas leituras, nossos filmes … Quem tiver olhos, saberá ler qual foi seu passado. E quem tiver boa vontade e disciplina, saberá construir um bom futuro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s