74-Ilusão

* Referência: Capítulos do Livro Justiça Divina – Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do livro O Céu e o Inferno (CI) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação – Leitura da Questão – Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 74-Contrassensos)
Reunião pública de 17-11-1961
CI – 1a Parte – Cap. I – Item. 2.

74-adoptaspacecraftvoyager1Em junho de 2012, a sonda Voyager 1 tornou-se o primeiro artefato humano que cruzou a fronteira do Sistema Solar, distando 17,3 bilhões de km do Sol.

E os cientistas ainda hoje recebem seus sinais.

Dez anos após a Voyager 1 passar por Saturno e concluir sua missão principal, em fevereiro de 1990, o astrofísico e diretor da missão Carl Sagan solicitou que as lentes da Voyager 1 fossem viradas para a Terra e produzissem uma imagem.

Qual o motivo?

A ciência e a filosofia há muito já sabiam que a Terra não era o centro do universo.
Antes não passava de um pequeno grão de poeira flutuando num espaço descomunal, em meio a trilhões de outros astros.

74-palido_ponto_azulTodos sabiam, mas ninguém realmente nunca tinha visto isso.

E a Voyager gerou esta imagem fascinante, evidenciando o quanto a vaidade e o orgulho humano nada significam perante a grandiosidade da criação Divina.

Nesse capítulo, Emmanuel medita sobre a insensatez de quem se ilude perante o orgulho e a vaidade.

Como a gota d’agua que brilha ao sol e já insulta o rio.
Como o tronco que se agiganta para o céu e blasfema contra a suja raiz.
Como o vaso de cerâmica que se revolta contra o lamaçal.

Como o ouro do palácio que questiona de que serve a barreira da mina.
Como a seda pura que afirma desconhecer a lagarta.
Como a pérola que reluz e logo pede distância da ostra.

74-jesus humildeComo o arco-íris que acusa ao sol
de roubar-lhe o brilho.

Assim ainda fazem muitos de nós!

Copiando esses contrassensos figurados da natureza, o homem insensato, quando erguido ao pedestal do orgulho pelos abusos da inteligência; costuma escarnecer de si próprio, afirmando jactancioso: A vida é poeira e nada, e Deus é ilusão.”  (Emmanuel)

==&==

Leitura da Questão: O Céu e o Inferno (CI)
Primeira Parte – Doutrina
CAPÍTULO I – O PORVIR E O NADA

 

2. — Pela crença em o nada, o homem concentra todos os seus pensamentos, forçosamente, na vida presente; logicamente não se explicaria a preocupação de um futuro que se não espera. Esta preocupação exclusiva do presente conduz o homem a pensar em si de preferência a tudo; é, pois, o mais poderoso estímulo ao egoísmo,  e o incrédulo é consequente quando chega à seguinte conclusão: Gozemos enquanto aqui estamos; gozemos o mais possível, pois que conosco tudo se acaba; gozemos depressa, porque não sabemos quanto tempo existiremos; ainda consequente é esta outra conclusão, aliás mais grave para a sociedade: Gozemos apesar de tudo, gozemos de qualquer modo, cada qual por si; a felicidade neste mundo é do mais astuto.

*** Curiosidades ***

– Se o conhecimento é um degrau que todos deveremos subir para nossa evolução, há nele a armadilha do orgulho e da vaidade. Temos momentaneamente a ilusão de que a ciência explica tudo.
Nas palavras de Louis Pasteur: “Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima.”
Ou na visão de Einstein:A Ciência nos afasta de Deus, mas a Ciência pura nos aproxima de um Criador.”

– Ainda hoje, vivemos uma grande fuga do domínio cultural das religiões seculares.
Por termos ficado amordaçados durante séculos perante os dogmas, hoje muitos de nós trabalhamos mais com a negação do que com o exame honesto.
E você? Qual tem sido sua postura?

– Entretanto, nem muito ao céu, nem muito à terra! Como o ambiente espiritualista coleciona inúmeras ilusões e embustes, o Espiritismo buscou se preservar de várias formas. Como nos diz o espírito Erasto (LM Cap. 20): “Mais vale rejeitar dez verdades do que admitir uma única mentira, uma única teoria falsa”.

– A foto da Voyager 1 deu início a um livro que Carl Sagan chamou de “Pálido Ponto Azul“. Em um dos trechos, Sagan comenta:

74-PálidoPontoAzul2Olhem de novo esse ponto.
É aqui, é a nossa casa, somos nós.
Nele, todos a quem ama, todos a quem conhece, qualquer um sobre quem você ouviu falar, cada ser humano que já existiu, viveram as suas vidas.
O conjunto da nossa alegria e nosso sofrimento, milhares de religiões, ideologias e doutrinas econômicas confiantes, cada caçador e coletor, cada herói e covarde, cada criador e destruidor da civilização, cada rei e camponês, cada jovem casal de namorados, cada mãe e pai, criança cheia de esperança, inventor e explorador, cada professor de ética, cada político corrupto, cada “superestrela”, cada “líder supremo”, cada santo e pecador na história da nossa espécie viveu ali – em um grão de pó suspenso num raio de sol.
(Carl Sagan)
Veja mais em http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1lido_Ponto_Azul

Anúncios

4 respostas para 74-Ilusão

  1. e desse jeito cada dia o mundo passa por grande transformação …

  2. camelo disse:

    estou cada dia mais afastado dessa realidade de covardes… nós todos inclusive eu., de não se manifestar contra essa putada toda de gente má…. o munda esta passando por grande transformação mais tem que ser urgentte….

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Camelo,
      São estágios que todos nós passamos.
      A Terra, como grande escola, sempre terá alunos iniciantes e alunos formandos.
      Por sabermos que um dia estivemos lá, dessa mesma forma, devemos nos alimentar de compaixão sempre.
      Abração,
      Inacio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s