83-Quem Somos?

* Referência: Capítulos do Livro Seara dos Médiuns – Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do Livro dos Médiuns (LM) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação – Leitura da Questão – Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 83-Obreiros e instrumentos)
Reunião pública de 14-11-60
Questão LM no. 226 inciso 12.

—Vou sobreviver! — afirmava ela, sempre sem medo.

Vou chamá-la de Tatá, como um amigo a apelidou carinhosamente.

Sempre esteve envolvida em situações que dariam medo nos outros.

Brincava, quando criança, de apanhar ossos no cemitério que ficava perto de casa.

Queimou o cabelo, certa vez, estourando bombinhas de gasolina.

Aproximava-se de qualquer cão para brincar, fosse o tamanho que fosse.

Entrava e saia do mar grosso como se calmo estivesse.
E ainda levava junto o filho pequeno.

Foi camelô, funcionária, gerente, microempresária com 10 funcionários.
Comprou uma casa sem dispor de 1 centavo mensal certo. E pagou tudo!
Apenas não tinha medo.

Quando isso começou a mudar?
Talvez naquele dia em que o mar grosso a jogou com muita violência contra a areia.
Talvez nos meses em que viu sua mãe desencarnar lentamente por força de um câncer.
Talvez devido à casa nova, um grande e antigo centro de candomblé.
Ninguém comprava aquilo para morar por medo. Mas ela chegou segura, desfazendo-se de toda aquela tralha religiosa. E ficou ótimo!

Não sei.
Sei apenas que, quando a vi, ela estava com tanta dor, com a coluna tão torta, que, ao caminhar, lembrou-me uma mistura de mulher e aranha.

Seria físico? Emocional? Espiritual? Todos juntos?
Presenças escuras permaneciam na casa nova, quais reais proprietárias.
Fiquei horrorizado!

—Vou sobreviver! Já estou quase boa … — disse-me, sem a mesma confiança que sempre a acompanhou.

Nessa meditação, Emmanuel nos diz que a confiança em nossos mentores espirituais não basta para alcançarmos as verdades superiores.

Eles não farão a parte de esforço e aprendizado que nos cabe!

Temos, primeiramente, que ir à luta, confiar em nossas mãos como fez nossa irmã Tatá.
A usina, conquanto poderosa, não realiza a tarefa da lâmpada.
O oceano, apesar de gigantesco, não atende ao ministério da fonte humilde.” — avisa-nos Emmanuel.

Ao longo do trabalho, porém, é vital descobrir quem somos, nossos bons e maus sentimentos, nossas potências e limites, o que já dominei e o que preciso aprender mais ou melhor.

Só assim conseguiremos consolidar virtudes e trabalhar dificuldades.

Os emissários superiores dispõe de belos planos, mas aguardam mãos diligentes e ativas para o trabalho a ser realizado.

Se eles trazem visões da verdade, precisam de olhares amorosos que não façam trevas destas verdades.

Ajudam a conhecer as pessoas e os problemas, mas pedem ouvidos caridosos que saibam discernir, a fim de que o mal não se levante por flagelo da vida alheia.” — diz Emmanuel.

Só corações generosos podem reter sua idéias edificantes.
Esperam pés operosos que percorram as searas produtivas por eles apontadas.

Para tudo isso, é necessário bem menos mediunidade do que pensamos. Precisamos de sintonia com o bem, conhecer e vibrar as virtudes consolidadas em nós.

Do alto, grandes ondas de pensamento dos Mensageiros do Cristo vertem incessantemente, apontando-nos conscientemente toda extensão do trabalho que nos cabe.

Seja onde for, onde estiveres, és instrumento do bem, chamado à prestação de serviço segundo a necessidade dos que te cercam.

Não nos façamos indiferentes, desavisados ou intimidados pela parte que nos cabe fazer.
Sem fé, sem boa vontade, sem esforço ou sem sacrifício, tudo perde valor e merecimento, neste plano e no outro.

***

Ah, depois de muito esforço e oração, Tatá agora está quase curada.  Já caminha normalmente.
Mora numa nova casa, pequena, longe de centros e cemitérios. Um lugar adorável, colorido por uma gata e uma cachorrinha.

As entidades escuras ? Ficaram na casa antiga, para o próximo inquilino.
E já mesmo senti a presença bonita da mãe da Tatá bem próximo dela.

Banho de mar, só de baldinho, por enquanto.
Mas tem uma piscininha no quintal.

—Vou sobrevivendo! — me disse sorrindo.

Mas hoje, conhecendo a si mesma tão melhor, acho que ela não só sobrevive.

Acho que ela vive.
E vive bem mais feliz!

==&==

Leitura da Questão: Livro dos Médiuns (LM)
CAPÍTULO XX
DA INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM
Questões diversas. – Dissertação de um Espírito sobre a influência moral.

Questão 226.

12ª Uma vez que a palavra dos Espíritos superiores não nos chega pura, senão em condições difíceis de se encontrarem preenchidas, esse fato não constitui um obstáculo à propagação da verdade?

“Não, porque a luz sempre chega ao que a deseja receber. Todo aquele que queira esclarecer-se deve fugir às trevas e as trevas se encontram na impureza do coração.

“Os Espíritos, que considerais como personificações do bem, não atendem de boa vontade ao apelo dos que trazem o coração manchado pelo orgulho, pela cupidez e pela falta de caridade.

“Expurguem-se, pois, os que desejam esclarecer-se, de toda a vaidade humana e humilhem a sua inteligência ante o infinito poder do Criador. Esta a melhor prova que poderão dar da sinceridade do desejo que os anima. É uma condição a que todos podem satisfazer.”

*** Curiosidades ***

-O texto da questão 226 deixa claro que um sentimento menor, desarmônico, pode impedir nosso entendimento racional da verdade. Assim que li o texto, lembrei das Parábolas. Devido a dureza dos corações, Jesus, ao invés de falar a verdade clara e diretamente, deixava a verdade velada numa Parábola. Quem não alcançava a verdade de imediato, guardava para si aquela história enigmática, até que o coração se iluminasse e o entendimento finalmente surgisse. Dessa forma, Jesus não escondeu a verdade, antes deu chance para que todos, prontos ou não, um dia a entendesse.

-Coloquei a Oração de São Jorge como inicial porque todos nós, ao ingressar na religiosidade em algum momento da eternidade, iniciamos com o coração de guerreiro, na idéia de orar para proteger e sermos protegidos. Já a figura do meio, porém, é Krishna e Arjuna, do Bhagavad Gita. É o guerreiro que finalmente desperta para a batalha mais importante: a batalha interior. Quase no final, vem Jesus, sem escudos nem espadas, sem necessidade de atacar ou defender. A necessidade maior é amar e servir.

-Tatá até hoje não conseguiu determinar exatamente qual foi seu problema na coluna. Os ortopedistas alegam que é físico e precisa operar. Os neurologistas alegam que é emocional e depende de psicotrópicos o resto da vida. Os religiosos e místicos alegam que é espiritual e tudo depende de um melhor ambiente e muitas orações. Fazendo um grande reajuste em vários pontos de sua vida, ela não operou, reduziu bastante o psicotrópico e faz sua comunhão com Deus pelo contato com a natureza. Esse caso nos mostra como está correta a questão 919 do Livro dos Espíritos: nossa evolução se dá pelo conhecimento de nós mesmos. Como fazer isso? Santo Agostinho ensina na questão seguinte, a 919-a. Faça agora sua parte,  procure ler (ou reler) a questão e aprender. Posso dizer que Tatá, do jeito dela, soube fazer a parte dela!!!

-A palavra “discernir”, grifada e destacada na meditação acima, não está assim no texto original do capítulo “83-Obreiros e instrumentos”. O grifo é meu, uma singela homenagem à Tatá, a primeira pessoa que me convidou a buscar um entendimento profundo do que significa “discernimento”. Deste entendimento nasceu a meditação 62-Brilhe vossa Luz, uma das minhas preferidas, devo confessar! Obrigado!

-É com pesar que soube hoje, 25/7/12, dia da publicação dessa meditação, que Shitara, a gatinha da Tatá, desencarnou durante uma cirurgia de castração. Que Francisco de Assis a receba em seus braços. Assim seja!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s