78-Não Creio

* Referência: Capítulos do Livro Seara dos Médiuns – Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do Livro dos Médiuns (LM) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação – Leitura da Questão – Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 78-Fenòmenos)
Reunião pública de 24-10-60
Questão LM no.94 inciso 7.

A cadeira de rodas entra com dificuldade no galpão da Penha, bairro do Rio de Janeiro.

Naquele dia 29 de maio de 1996, a operação desse jovem seria uma dentre as 10 programadas, todas com alto risco.

Isso fora as 13 operações de catarata, as 12 filas de pacientes que aguardavam parecer para suas dores, seja câncer, elefantíase, tumores, etc., e as filas nos salões mais externos. Totalizava perto de 1.000 pessoas para atender em 1 só dia.

Dr. Fritz

A medicina tradicional preferiu não operar aquele jovem.
A bala estava situada tão perto de um feixe nervoso importante do pescoço que poderia deixá-lo tetraplégico a qualquer hora. Mas havia muita dor!

Restou apelar para o médium Rubens Farias e seu mentor, o Dr. Fritz.
Na hora da operação, por acaso, uma equipe de televisão filmava tudo.

Após uma incisão sem anestesia, pancadas no bisturi usando um cabo de madeira e duas pinças bem aplicadas, saia do pescoço do rapaz algum sangue e uma bala escurecida.
Toda a equipe de TV chorava. E o rapaz conversava alegremente.
Ele estava bem.

Fantástico, não é? É sim.
Mas é apenas 1 dos milhares de fenômenos que podemos enumerar.

Chico Xavier, Peixotinho e Espírito materializado

Podemos ainda citar Chico Xavier com +400 livros escritos, materializações e aportes.
Falemos de Divaldo Franco com inúmeras psicofonias, livros psicografados e palestras pelo mundo todo.

Citemos João de Abadiana, mais famoso no exterior por suas curas do que no Brasil.
Lembremos de Carlos Mirabelli, fotografado no ar, levitando, mais de uma vez.

Florence Cook, estudada exaustivamente por suas materializações do espírito Kate King.

Daniel Dunglas Home, o empresário que fazia toda mobília voar, inclusive ele mesmo.

Elizabeth d’Esperance, Peixotinho, Irmãs Fox, Fredrich Myers, Eusápia Palladino…
São tantos outros … Isso apenas no Ocidente!

Mirabelli

Temos fartura de fenômenos.
Mas, ainda assim, vez por outra, desejamos novos fenômenos para convencer a nós mesmos e para aqueles que ainda não crêem.

Nesse capítulo, Emmanuel nos mostra que não basta presenciar o fenômeno inatacável.
Antes, precisa haver a boa disposição interior para examinar.

Primeiramente, examinemos os fenômenos que ocorrem em nosso corpo, os quais pouco ouvimos e mal compreendemos.

Nosso coração bate 78 vezes por minuto. Nós apenas nos movemos, sem pensar nisso.
O milagre da hematose ocorre nos pulmões. Nós apenas respiramos.

Bilhões de neurônios consolidam o pensamento.
Nós somente forçamos idéias.
Há células nos olhos para as diversas gradações de luz.
Nós apenas enxergamos.

Nosso ouvido dispõe de inúmeras caixas auditivas. Alguém medita nisso ao ouvir?
A laringe compõe as maravilhas da fala e do canto. Um fenômeno que pouco ligamos.

Transfiguração de Jesus no Monte Tabor, junto aos Patriarcas Moisés e Elias

Para onde se volte, a criatura humana encontra fenômenos e mais fenômenos a lhe requisitarem as faculdades de interpretação; no entanto, se ainda não procura apreender a espiritualidade que carreia por dentro de si mesma, como aceitará a espiritualidade que a desafia por fora?” — questiona Emmanuel.

Precisamos fugir do impulso de buscar fenômenos para comprovar e gerar certezas.
Nós os temos fartamente para quem desejar vê-los de forma honesta e isenta.

Divulgando o estudo nobre e alicerçando as nossas palavras no exemplo, ajudemo-lo [ao ser humano], tanto quanto possível, a simplesmente raciocinar.” (Emmanuel)

==&==

Leitura da Questão: Livro dos Médiuns (LM)
CAPÍTULO V
DAS MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS

Questão 94. A este respeito, apenas citaremos o diálogo provocado a propósito dos fatos ocorridos em junho de 1860, na rua des Noyers, em Paris. Encontrar-se-ão os pormenores do caso na Revue Spirite, número de agosto de 1860.

Pois que as manifestações espontâneas são muitas vezes permitidas e até provocadas para convencer os homens, parece-nos que, se fossem pessoalmente atingidos por elas, alguns incrédulos se veriam forçados a render-se à evidência. Eles costumam queixar-se de não serem testemunhas de fatos concludentes. Não está no poder dos Espíritos dar-lhes uma prova sensível?

“Os ateus e os materialistas não são a todo instante testemunhas dos efeitos do poder de Deus e do pensamento? Isso não impede que neguem Deus e a alma.

Os milagres de Jesus converteram todos os seus contemporâneos?

Aos fariseus, que lhe diziam: “Mestre, faze-nos ver algum prodígio”, não se assemelham os que hoje vos pedem lhes façais presenciar algumas manifestações?

Se não se converteram pelas maravilhas da criação, também não se converterão, ainda quando os Espíritos lhes aparecessem do modo mais inequívoco, porquanto o orgulho os torna quais alimárias empacadoras. Se procurassem de boa-fé, não lhes faltaria ocasião de ver; por isso, não julga Deus conveniente fazer por eles mais do que faz pelos que sinceramente buscam instruir-se, pois que o Pai só concede recompensa aos homens de boa-vontade. A incredulidade deles não obstará a que a vontade de Deus se cumpra. Bem vedes que não obstou a que a doutrina se difundisse. Deixai, portanto, de inquietar-vos com a oposição que vos movem. Essa oposição é, para a doutrina, o que a sombra é para o quadro: maior relevo lhe dá. Que mérito teriam eles, se fossem convencidos à força? Deus lhes deixa toda a responsabilidade da teimosia em que se conservam e essa responsabilidade é mais terrível do que podeis supor. Felizes os que crêem sem ter visto’ disse Jesus, porque esses não duvidam do poder de Deus.”

*** Curiosidades ***

-Já imaginou fazer 1.000 atendimentos fraternos num dia?
Os fatos narrados no início desta meditação estão no livro “O Fenômeno Dr. Fritz e a Cura pelo Poder da Fé” de Masao Maki. O Sr. Maki é um espiritualista japonês, famoso no Japão por desmascarar falsos gurus. Esteve no Brasil para um Congresso espiritualista em Manaus, no ano de 1996, e acabou passando 5 dias ao lado do Dr. Fritz no Rio de Janeiro. Diz no seu livro: o Brasil é o país onde Deus ainda está vivo.

-Um dos dados coletados no livro é a forma de operar sem dor. Segundo foi explicado, a equipe espiritual do Dr. Fritz, composta de inúmeros espíritos presentes no hospital, manipula os impulsos nervosos do paciente de forma a inibir sensações de dor.
E ainda banha o paciente com radiações para eliminar contaminações quaisquer.
Alta tecnologia.

-Na maioria, os pacientes recebem como tratamento uma injeção com um líquido escuro. Questionado sobre o que era a injeção, um dos presentes informou tratar-se de uma mistura de álcool, iodo e terebintina. Como pintor de quadros, o Sr. Maki explica que terebintina é um solvente tóxico, fatal caso ingerido. Imagina, então, injetado. Mas a equipe do Dr. Fritz decompõe a terebintina no corpo do paciente e ela passa a buscar as células doentes. Encontrando, ela decompõe as células em suas moléculas e as recompõe de forma saudável. Assim, obtém curas diversas com a mesma injeção.

-O Sr. Maki, apesar do medo da terebintina, aceitou receber a injeção no quinto dia, tratando uma dor que persistia em seu ombro fazia meses. 2 dias depois, a dor parecia ter desaparecido. Efeito placebo? Quem sabe …

-Sobre a disposição interior para buscar o fenômeno, entender e evoluir com o mesmo, parabenizo com alegria ao Sr. Masao Maki. Ele atravessou o mundo atrás de mentiras e soube apreciar quando percebeu verdades. A nossa volta, ainda temos muitos cegos que simplesmente não querem ver, porque suas cegueiras nascem no coração.

-Por fim, animado com o fenômeno Peixotinho, Chico Xavier fez materializações durante algum tempo. Altamente desgastante para o médium, chegou o dia em que Emmanuel solicitou-lhe não mais fazer. Se 10 pessoas vêem uma materialização, menos da metade sairá dali renovada. Um livro, por outro lado, renova centenas de pessoas …

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s