Arquivo da tag: sofredor

FRANÇOIS RIQUIER – Espíritos Sofredores

[O Céu e o Inferno – Espíritos Sofredores] Era um velho celibatário, avarento e muito popular, falecido em C…, em 1857, legando aos parentes colaterais considerável fortuna. Em tempo fora locador de uma inquilina, que mais tarde o esquecera completamente, … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ferdinand Bertin

[O Céu e o Inferno – Espíritos Sofredores] Um médium do Havre evocou o Espírito de pessoa dele conhecida, que respondeu: — “Quero comunicar-me, porém não posso vencer o obstáculo existente entre nós. Sou forçado a deixar que se aproximem … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Pascal Lavic

[O Céu e o Inferno – Espíritos Sofredores] (Havre, 9 de agosto de 1863) Este Espírito, sem que o médium o conhecesse em vida, mesmo de nome, comunicou-se espontaneamente.. “Creio na bondade de Deus, que, na sua misericórdia, se compadecerá … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , | 3 Comentários

O Espírito de Castelnaudary

[O Céu e o Inferno – Criminosos Arrependidos] Rumores e outras estranhas e várias manifestações ocorridas numa casinha perto de Castelnaudary, faziam-na tomar por habitada de fantasmas, mal-assombrada, etc. Assim, foi a dita casa exorcismada em 1848, aliás sem resultado. … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Exprobrações de um Boêmio

[O Céu e o Inferno – Espíritos Sofredores] (Bordéus, 19 de abril de 1862) “Homens, meus irmãos, eu vivi só para mim e agora expio e sofro! Conceda-vos Deus a graça de evitardes os espinhos que ora me laceram. Prossegui … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Auguste Michel

[O Céu e o Inferno – Espíritos Sofredores] (Havre, Março de 1863) Era um moço rico, boêmio, gozando larga e exclusivamente a vida material. Conquanto inteligente, o indiferentismo pelas coisas sérias era-lhe o traço característico. Sem maldade, antes bom que … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , , , | 3 Comentários

Lemaire

[O Céu e o Inferno – Criminosos Arrependidos] Condenado à pena última pelo júri de Aisne, e executado a 31 de dezembro de 1857. Evocado em 29 de janeiro de 1858. 1. Evocação. — R. Aqui estou. 2. Vendo-nos, que … Continuar lendo

Publicado em O Céu e o Inferno | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário