Como Fazer o Culto do Evangelho no Lar

(Eis Tua Missão !)

Escolha um dia e uma hora da semana em que seja possível a presença de todos os membros da família ou da maior parte deles. Observar rigorosamente esse dia e horário para facilitar a assistência espiritual e consolidar o hábito da reunião.

Iniciar a reunião com uma prece simples e espontânea num local da casa menos exposto às perturbações exteriores, em seguida, fazer a leitura de um trecho de “O Evangelho Segundo o Espiritsmo”, aberto ao acaso ou previamente programado para estudo em sequência.

Fazer comentários breves sobre o trecho lido, trocando opiniões com o grupo quanto à aplicação dos ensinamentos na vida diária, evitando discussões, críticas e julgamento de membros do grupo ou de conhecidos em função da mensagem evangéilica.

A reunião deve ser dirigida por um membro da família ou pela pessoa que tiver mais conhecimento doutrinário, que deverá estimular a participação de todos e conduzir as explicações ao nível do entendimento prático dos presentes. Pode-se fazer outras leituras afins.

A duração deve ser de até 30 minutos, no máximo, incluindo a prece de encerramento, em que se agradecerá a assitência espiritual, lembrando a próxima reunião.

15 respostas para Como Fazer o Culto do Evangelho no Lar

  1. Luciene disse:

    Se estiver viajando no dia e horário posso fazer o evangelho no lar da mesma maneira?

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Luciene,
      Pode sim.
      Onde estiverem 2 ou mais reunidos em nome Dele, certamente a presença Dele ocorrerá.
      Onde estiverem, os mentores dos participantes irão proteger e abençoar, levando mesmo energias positivas para o ambiente em voga.
      Toda ideia positiva, toda oração, todo sorriso ilumina nossa casa, o planeta Terra.
      Muito grato por sua dúvida.
      Abração.

  2. CARLOS ALBERTO PACHECO DIAS disse:

    Excelente! Excelente! O Evangelho no Lar é como um banho de diamantes sem jaça no lar que o cultiva. É o fio da meada. É o caminho para se ter entendimento, paz e muita harmonia dentro do lar. Feliz do Lar que cultiva o Evangelho dentro de casa.

  3. Andréa disse:

    Amei! Adorei! Obrigada por compartilhar esse conhecimento.

  4. Vanessa disse:

    Gostaria de saber o que fazer quando uma pessoa do nada incorpora na sua frente….e de uma criança?

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Vanessa,

      A gente fica muito assustado nesses casos, não é?
      O normal é não acontecer. Para não acontecer, a pessoa precisa buscar um Centro Espírita que lhe traga equilíbrio.

      Mas … aconteceu! O que fazer?
      O primeiro passo: confia!
      Tenha em mente que ninguém está acima de Jesus e que a reunião está sob o amparo dele e de seus emissários.
      Confia que tudo terminará bem.

      O segundo passo: converse.
      Quem está se comunicando, faz isso devido a alguma necessidade.
      Procure saber o que deseja, porque está fazendo isso, explicar que não é o momento adequado e que a pessoa mediunizada estará, em breve, num local onde realmente poderão ajudá-la.
      Esse local será o Centro Espírita.

      Terceiro: faça uma oração pelo espírito.
      Convide o espírito, o médium e todos em volta para orar uma oração conhecida. O “Pai Nosso”, uma das orações da parte final do Evangelho S/o Espiritismo, Prece de Cáritas, Salve Rainha, uma que todos possam orar juntos.

      Quarto: explique ao espírito que a oração por ele já foi feita e que ele precisa se retirar para que a reunião continue.
      Diga que ele pode ficar na sala com o grupo e que Jesus há de abençoar essa colaboração que ele estará dando ao participar.

      Quinto: chame o médium pelo nome e peça para ele abrir os olhos e firmar o pensamento no fato de que o espírito já se foi.

      Algumas pessoas tem muita dificuldade de colocar em mente que Evangelho no Lar não tem incorporação e que elas determinam se terá contato mediúnico ou não. Isso faz parte da dita “educação mediúnica”.

      Querendo saber mais sobre este assunto, procure livros sobre “Desobsessão”. Irá confirmar que local para comunicações sempre deverá ser o Centro Espírita.

      Abração,
      Inacio

  5. Stela disse:

    Ao fazer o Evangelho só, é necessário fazer a prece e ler o texto em voz alta ou posso me recolher em pensamento?

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Stela,
      O ideal é ter mais uma pessoa contigo.
      Mas a boa vontade é sempre o que conta.

      Estando sozinha, ainda assim leia em voz alta para que os espíritos presentes compartilhem contigo.
      Nem todos os espíritos presentes serão capazes de ler seus pensamentos.
      Inclusive, se vc perceber algum comentário interessante e se sentir a vontade, comente em voz alta.

      Uma coisa que apoia muito o culto de pessoas sem companhia é a Rádio Rio de Janeiro (1400 AM)
      Todos os dias, as 18h, eles fazem o culto do Evangelho no Lar com os ouvintes.
      Abração e sucesso.
      Inacio

  6. Nilda disse:

    Posso fazer o evangelho no lar só?

    • inacioqueiroz disse:

      Pode sim, Nilda.
      Faça na consciência de que não estará sozinha no plano espiritual.
      Os amigos espirituais estarão te ouvindo, seja na leitura da página escolhida, seja na oração proferida.
      Ainda tem o recurso de se juntar aos amigos da Rádio Rio de Janeiro (1400 AM), caso pegue em sua região.
      Eles fazem o Culto todos os dias, às 18h.

      Pode ser feito só sim, mas com outro alguém sempre fica mais rico, mais estimulante e mais fácil de manter a disciplina.
      Abração e sucesso,
      Inacio

  7. Suede Santos disse:

    É correto fazer uma prece por uma pessoa que está obsiada e não está próxima?

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Suede,
      Toda prece é atendida por Deus através dos bons espíritos e segundo o merecimento dos envolvidos.
      O que vale é nossa intenção em querer ajudar de alguma forma.

      O que não é aconselhável é querer fazer uma “desobsessão” (afastar o obsessor) sem o auxílio de um grupo Espírita / Espiritualista.
      Isso porque não sabemos o tamanho da dificuldade que une os envolvidos.
      Muitas vezes, por mais que seja doloroso, o melhor para eles é aquela situação.
      Em toda obsessão, existe uma lição a aprender para ambos.

      Porém, nem por isso deixaremos de ajudar com toda força que pudermos.
      Conscientes de que os laços obsessivos naturalmente irão se desfazer quando eles se renovarem e a lição for aprendida.

      Também não importa o quão longe a pessoa esteja.
      É o tamanho da nossa vontade que faz a ajuda chegar, mesmo sendo em outro planeta.
      Abração e continue nesse seu esforço pelo bem.
      Inacio

  8. amei a leitura com muito aprendizado para quem gosta de estudar o espiritismo

    • inacioqueiroz disse:

      Oi Marina,

      Que bom que vc gostou.
      Devo confessar que o texto não é meu, mas é um trabalho essencial para nossa família.
      No final, ninguém precisa ser um “grande médium” para fazer a parte que lhe compete.
      Se puder divulgar para os amigos, será um grande trabalho.
      Abração …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s